We are Online Market of organic fruits, vegetables, juices and dried fruits. Visit site for a complete list of exclusive we are stocking.

Usefull links

Contact us

Qual o isqueiro ideal?

Salve Galera, tudo certo com vocês? Hoje falaremos sobre um assunto pouco comentado, “Combustão” e a importância de um acendedor ideal.

Sabia que a forma que você acende seu fumo pode influenciar no sabor?
Já imaginou dedicar meses para o crescimento de suas plantas e ter o sabor alterado só porque não está utilizando o acendedor ideal?

Te garanto que depois de ler esse artigo você não terá mais esse problema.

 

 

Para compreender melhor essa questão primeiro precisamos entender o que é a combustão completa e combustão incompleta. A combustão completa é caracterizada por gerar como resultado calor, gás carbônico e água, enquanto a combustão incompleta gera monóxido de carbono e/ou fuligem. E são justamente esses poluentes que podem alterar o sabor do seu cigarro, a fuligem pode se integrar com o fumo e mudar aquele sabor que tanto gostamos, além de é claro não ser bom para nossa saúde.

Como saber se o acender que estou utilizando possui combustão completa?

Existem algumas maneiras de identificar isso. Um método bastante popular é observar a chama do seu acendedor, chamas totalmente azuis fazem combustão completa, enquanto chamas de coloração amarela não fazem. Outro método interessante para fazer essa identificação é utilizando um prato, preferencialmente branco. Basta acender o isqueiro na parte inferior do prato e notar a alteração na louça,  você ira notar que passou a ter uma coloração preta exatamente onde o isqueiro foi aceso, parecendo uma mancha de sujeira essa é a fuligem, ou seja, o isqueiro utilizado no teste possui combustão incompleta.

 

 

Normalmente acendedores do tipo maçarico e taser são mais assertivos quando se busca um acendimento sem fuligem, com a combustão completa.

 

 

Por enquanto é isso! Neste artigo vocês viram a importância de utilizar o acendedor correto para acender seu cigarro. Caso tenham alguma dúvida, só perguntar aí em baixo. Para aprender um pouco mais sobre outros temas de cultivo veja outros artigos em nosso blog.

Deixe o seu comentário