We are Online Market of organic fruits, vegetables, juices and dried fruits. Visit site for a complete list of exclusive we are stocking.

Usefull links

Contact us

Nitrogênio

Nitrogênio

NUTRIÇÃO PARA AS PLANTAS #7 | NITROGÊNIO (Deficiência, excesso e suas funções)

 

Salve galera, tudo bem? Hoje iremos dar continuidade a série sobre nutrição, falaremos sobre um dos nutrientes mais importantes, o Nitrogênio.

Veja abaixo o texto do artigo e no final o vídeo na íntegra:

 

Nitrogênio

Como todos já sabem, o nitrogênio é um macro nutriente móvel e primário para quem ainda não viu, mostramos esse assunto no artigo alimento de plantas, aconselho ver os artigos anteriores antes de prosseguir com este.

 As plantas necessitam de muito nitrogênio durante sua fase de crescimento vegetativo e níveis menores em plantas em fase de germinação, clonagem e floração. Isso não é novidade para ninguém, sempre que reduzimos os níveis de nitrogênio a planta tem um aumento do ácido abscísico o que estimula uma floração mais cedo, o nitrogênio regula a habilidade da planta de produzir proteínas essenciais para os novos protoplasmas nas células e muitas outras funcionalidades, por ser um nutriente móvel as folhas inferiores começam a amarelar, o nitrogênio se move para cima e as folhas de baixo começam a cair, antes de cair, muitas vezes, as folhas começam a morrer das pontas para dentro. Outros sintomas incluem folhas pequenas e crescimento lento, além disso as hastes e os pistilos começam a ficar com um tom vermelho arroxeado e também as plantas ficam mais suscetíveis a ataques de insetos e pragas. Os caules se tornam quebradiços e se rompem com a falta de flexibilidade, o nitrogénio é diretamente responsável pela produção de clorofila e aminoácidos e é essencial para a fotossíntese, sendo assim, um elemento muito importante para a formação do tecido. Qualquer nitrogênio solúvel em água especialmente nitratos NO³ está rapidamente disponível para as raízes, já ele solúvel como a ureia, precisa ser decomposto por micróbios ativos do solo, para que as raízes possam absorve-lo.

Após a fertilização as plantas com deficiência de nitrogênio começam a absorve-lo, isso faz com que elas percam a cor pálida e passem a ter um verde mais vivo e mais saudável, gradativamente ela vai recuperando a sua cor porém, as folhas mais afetadas não se recuperam.

As plantas nunca devem experimentar falta de nitrogênio durante o seu período vegetativo porém cargas excessivas também podem fazer muito mal a planta, recomenda-se uma redução gradual de nitrogênio conforme for se aproximando a fase de floração, uma pequena quantidade é de extrema importância nessa fase, para poder fabricar os aminoácidos que tem nitrogênio como ingrediente, do meio da fase de floração até a fase final de colheita, as plantas apresentam deficiência de nitrogênio, isso acontece porque elas estão usando o nitrogênio que estão armazenados em suas folhas e você não deve dar nitrogênio na sua solução nutritiva e também não deve conter nitrogênio no seu solo, o nitrogênio é o nutriente que apresenta maior deficiência em cultivo indoor e outdoor.

 

 

Progressão da Deficiência

Primeiramente devemos checar se a quantidade de luz está suficiente, para não confundir falta de luz, com falta de nitrogênio, até porque eles andam juntos, ou seja, quanto mais luz maior a demanda de nitrogénio. A deficiência de nitrogênio começa com as folhas de baixo perdendo coloração e ficando pálidas e amareladas, as folhas vão amarelando progressivamente em suas tonalidades e o crescimento da planta vai sendo afetado, deixando um crescimento lento e as vezes até parado.

 

 

Causa

O Nitrogênio é altamente solúvel e rapidamente absorvido pela planta, por isso, ele deve estar sempre presente. Muitas vezes o seu solo está úmido, mas não existe a presença de nitrogênio nele, por isso, é muito importante usar fertilizantes ou misturas de solo bem balanceadas e dar o nitrogénio na frequência ideal para a planta em cada estágio dela. Vejam agora os principais sintomas da deficiência de nitrogênio.

Possíveis causas: 

  1. Concentração baixa de nitrogênio ou pH incorreto; 
  1. Nutrientes ou solo incorretos; 
  1. Excesso de fertilizantes no solo; 
  1. Frequência inadequada de fertirrigação; 
  1. Tamanho do vaso muito pequeno em relação a frequência de rega; 
  1. Um ou mais dos fatores acima.

 

Solução: 

  1. Subir a concentração de nitrogênio com o pH correto; 
  1. Verificar se o fertilizante ou solo são corretos; 
  1. Ajustar a frequência correta para cada planta; 
  1. Verificar tamanho do vaso em relação a frequência de regas.

Observação: Sempre após a fertirrigação deve-se esperar de 3 a 5 dias para ver o resultado, para uma absorção mais rápida você pode utilizar a fertilização via foliar.

 

 

Principais Sintomas de Excesso de Nitrogênio

A planta quando está sofrendo de algum excesso de nitrogênio, ela aparenta um verde escuro, quase um preto azulado, conforme o excesso vai aumentando a planta toda vai ficando mais afetada, suas folhas vão escurecendo e queimando por conta de todo esse estresse, a planta também fica vulnerável a doenças e pragas, o excesso de também causa deficiência de cálcio. Vejam agora os principais sintomas do excesso de nitrogénio.

Causas: 

  1. Alta concentração; 
  1. Frequência de rega alta em relação a concentração; 
  1. Pouca luz e metabolismo bem baixo em relação ao nitrogénio fornecido; 

 

Soluções:

  1. É preciso limpar o excesso e deixar a planta voltar a beber água para se desintoxicar; 
  1. Fazer uma lavagem de solo apenas com água pura ou uma solução própria como por exemplo, o Drip Clean, Flora Kleen ou Smart Flush; 
  1. Deixar a água escorrer em abundância para limpar o solo; 
  1. Em sistemas hidropônicos, deixar uma solução de água pura circular por 3 dias; 

Observação: É preciso esperar de 3 a 5 dias para ver o resultado. Você pode utilizar a técnica de “Run Off” que consiste em fazer a medição da água que sai do fundo do vaso, fazendo esta técnica você terá uma boa referência de como anda a concentração de nutrientes dentro do seu vaso, por outro lado é importante também fazer a medição da água que entra, podendo assim, fazer uma comparação entre elas.

 

 

Dessa vez, vamos ficando por aqui, espero que tenham aprendido um pouco mais sobre a importância do nitrogênio e como resolver deficiências e excessos, caso tenham alguma dúvida só perguntar aí em baixo. Para mais vídeos como este, inscreva-se em nosso canal do Youtube: Canal GrowPlant Cultivo Indoor

Deixe o seu comentário