We are Online Market of organic fruits, vegetables, juices and dried fruits. Visit site for a complete list of exclusive we are stocking.

Usefull links

Contact us

tripes como combater

Tripes

Enciclopragas #3 – Tripes

 

Salve galera, tudo bem? Hoje iremos dar continuidade à série Enciclopragas, da ultima vez falamos do Pulgão desta vez falaremos sobre o Tripes, veja abaixo mais informações sobre essa praga.

Veja abaixo o texto do artigo e no final o vídeo na íntegra:

 

Tripes

Nome Científico: Thysanoptera;

Nomes populares: Tripes, Trips, Lacerdinha;

Ordem: Thysanoptera;

Classe: Insecta;

Filo: Arthropoda;

Reino: Animália;

Partes Afetadas: Botões, Brotos, Caule, Folhas, Frutos e Ramos;

Sintomas: As folhas das plantas tornam-se pálidas, manchadas, com tonalidade bronzeada ou prateada e depois caem, brotos tornam-se retorcidos, flores e frutos ficam feios e com cicatrizes.

 

 

Visão Geral

Os tripes, são insetos muito pequenos, muitas vezes perceptíveis apenas quando os sintomas na planta já são evidentes. Eles apresentam corpo estreito, alongado, com aparelho bucal do tipo sugador, formado por uma única mandíbula, a esquerda, e duas lacínias.

Além disso possuem dois pares de asas franjadas, apesar de não serem especializados em voar. As cores variam bastante, há espécies de cor marrom, preta, amarela, branca e laranja. A maioria das espécies de tripes são fitófagos, ou seja, se alimentam de plantas.

 

 

Anatomia

Os insetos dessa ordem, variam de 0,5 a 15 mm de comprimento, sem considerar as antenas. Possuem corpo alongado, dorso achatado e coloração variando de esbranquiçada a negra.

 

 

Ambiente de Vida

Os Tripes são pragas frequentes em lavouras, jardins, viveiros e estufas. Elas provocam danos às plantas ao sugar sua seiva e raspar seus tecidos. As folhas das plantas tornam-se pálidas, manchadas, muitas vezes com tonalidade bronzeada ou prateada e depois caem. Os brotos tornam-se retorcidos, as flores e frutos ficam feios, com cicatrizes, pequenos e perdem o valor de mercado.

Possuem diversidade de hábitos alimentares, que pode ser na parte aérea de plantas (folha, caule, flores e frutos) ou sob a casca de galhos e folhas mortas.

 

 

Alimentação

Os tripes podem ser fitófagos, alimentando-se das folhas e flores.

São portadores de um aparelho bucal do tipo picador-sugador com três estiletes, oriundo de peças bucais modificadas e atrofiadas. Os tripes que se alimentam dos fluídos das plantas o fazem introduzindo o estilete mandibular na lâmina foliar, abrindo um orifício em uma única célula, em seguida introduzem os dois estiletes maxilares, os quais formam um tubo e suga todo o fluído celular.

Os danos diretos na planta vão desde descoloração da parte afetada, no caso de folhas, até murchamento e morte. Há ainda os danos indiretos como a injeção de toxinas presentes na saliva ou a transmissão de alguns vírus como o “Tospovírus”.

 

 

Ciclo de Vida

O ciclo de vida dos tripes varia de acordo com a espécie, a temperatura e a planta hospedeira. O ciclo compreende seis fases, sendo a primeira a eclosão do ovo, o segundo estágio envolve duas fases larvais e por fim temos a pré-pupa, a pupa e a adulto.

A Thysanoptera apresenta desenvolvimento intermediário entre a simples e a completa, chamado remetabolia, este inclui dois ou três estágios pupal quiescente, no qual, semelhante às pupas de holometábolos, o inseto permanece totalmente imóvel durante um período prolongado, sem se alimentar e ocorrem mudanças estruturais.

 

 

Reprodução

As fêmeas adultas depositam seus ovos no tecido das folhas, os quais eclodem em torno de três dias. Posteriormente, as duas fases larvais seguintes se alimentam por 4 ou 5 dias até se tornarem pré-pupa e, em seguida, pupa, que após dois dias atingem a fase adulta.

A maioria das espécies de tripes é bissexual, com o predomínio de fêmeas. Em muitas espécies a presença de machos é rara ou inexistente e a reprodução é parcial ou totalmente partenogenética. As fêmeas de tripes são diploides, enquanto os machos são haploides, produzidos por ovos não fertilizados no processo conhecido como partenogênese.

 

 

Dessa vez, vamos ficando por aqui, espero que tenham aprendido um pouco mais sobre os Tripes, caso tenham alguma dúvida só perguntar aí em baixo. Para mais vídeos como este, inscreva-se em nosso canal do Youtube: Canal GrowPlant Cultivo Indoor

Deixe o seu comentário